Toque

“E, de seguida, senti os seus dedos tocarem-me ao de leve, enchendo de tinta negra os contornos da minha cabeça.”

Palavras | Al Berto (O anjo mudo)

Marés

Tenho um mar revolto e intransponível dentro de mim.

“Do I dare disturb the universe?” (T.S. Eliot, The love song of J. Alfred Prufrock)

A chuva cai copiosamente sobre a cidade. Os edifícios perdem seus contornos. Dissolvo-me.

Ando em busca dos fragmentos de mim como naqueles quebra-cabeças de infinitas peças.