Vazio

“e as palavras que ninguém quis
silenciaram a festa do meu corpo”

(Alice Vieira)