4 respostas para “Fotografar palavras #1885”

  1. o que é bom é plástico, encaixa-se em cada pessoa em cada momento da sua maneira

    não posso deixar de ligar isto a uma tia minha que morreu na sexta

    ela fez uma coisa que chocou com um dos meus absurdos
    Doou o corpo. Não vai haver funeral nem cremação, graças a ela alunos de medicina poderão praticar anatomia. Quiçá na medicinal legal praticar autópsias.

    Eu não sou capaz disso. E porquê, se sou ateu?

    Curtir

    1. obrigada. é bom saber que algo que escrevo toca de diferentes maneiras em diferentes momentos…

      é impressionante a decisão da tua tia, difícil para mim também.. mas não sei se tem a ver com religião… será que teria a ver com a fragmentação ou a violação do “eu”, ou a constatação de que o “eu” não está no corpo? não sei..

      Curtir

  2. também ando nesse não sei, se morrendo acabou, e ser cremado não me choca, enterrado não me choca

    mas ser cortado ou aberto, mesmo depois de morto, arrepia-me

    Isto não se explica ao nível do consciente, do racional

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s